Novidades‎ > ‎

Assembleia Apes - Terça - 28 de agosto - 14 horas

postado em 26 de ago de 2012 17:30 por Paulo Villela   [ 26 de ago de 2012 17:33 atualizado‎(s)‎ ]
PAUTA PRINCIPAL

Avaliação dos resultados das ações pela reabertura das negociações, considerando a possibilidade de indicação ao CNG/ANDES de uma saída unificada da greve.

Documento de referência: Comunicado Especial do CNG de 25 de agosto (anexo)

AGENDA do CNG - ANDES de 27 a 31 de agosto
  • Dias 27 a 31 de agosto, divulgar amplamente a nossa contraproposta
  • Dia 29 de agosto, quarta-feira, audiência pública na Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal sobre o “movimento grevista dos professores federais”
  • Dia 30 de agosto, quinta-feira, atos públicos nos Estados
  • Dias 30 e 31 de agosto, rodada nacional de assembléias gerais
ENCAMINHAMENTOS CNG - ANDES em 25 de agosto
  • Continuidade da greve, intensificação das nossas ações pela imediata reabertura de negociações;
  • Garantir maior visibilidade para a contraproposta apresentada pelo movimento, através de novos materiais de divulgação e atividades;
  • Na semana de 27 a 31 de agosto os CLG que ainda não providenciaram devem: a) fazer a entrega da nossa contraproposta aos dirigentes das instituições, protocolando-a formalmente; b) fazer a entrega da nossa contraproposta aos parlamentares federais nos Estados e regiões, reafirmando nossa solicitação para que sejam intermediários pela reabertura das negociações; c) pautar nossa contraproposta na mídia (de várias formas, com releases, coletivas de imprensa, etc) para dar visibilidade e intensificar a pressão pela reabertura de negociações.
  • Ampliar a pressão sobre o governo, reitores/diretores e parlamentares, para garantir avanços no segundo ponto de pauta, das condições de trabalho, buscando compromissos concretos para atendimento das necessidades de cargos/vagas docentes, de obras e infraestrutura, de respeito a autonomia e a democracia na gestão das instituições, inclusive no que diz respeito aos Hospitais Universitários e a realização de auditoria sobre o REUNI;
  • Ampliar a pressão nos próximos dias sobre o governo, através de: a) atos públicos que garantam visibilidade à luta, denúncia do governo e pela reabertura das negociações; b) pressão sobre a Presidência da República, parlamentares e reitores/diretores para a retomada das negociações, antes do envio do PL ao congresso;
  • Realizar atos nos Estados, articulados nacionalmente, preferencialmente no dia 29 de agosto, avaliando em cada situação as possibilidades de ações unificadas com as demais categorias em greve e levando em conta a necessidade de pressão contundente sobre o governo nessa semana;
  • Cada CLG deve entrar em contato com os senadores do seu Estado, instando-os a participação na audiência pública que ocorrerá na Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal, dia 29 de agosto, para debater o movimento grevista dos professores federais;
  • Solicitar reforço de representantes dos comandos locais de greve no CNG, na próxima semana;
Ċ
Paulo Villela,
26 de ago de 2012 17:30