Novidades‎ > ‎

CNG do ANDES-SN repudia ameaça de corte de ponto

postado em 13 de jul de 2012 07:19 por Apes Webmaster
Na sexta-feira (6), o governo baixou uma instrução para todos os dirigentes de órgãos públicos orientando o corte de ponto dos servidores federais em greve. Uma cópia da mensagem 552047, expedida pelas expedida pelas Secretarias de Relações do Trabalho e de Gestão Pública no Serviço Público do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão foi recebida pelo Comando Nacional de Greve do ANDES-SN.

O documento, assinado pelo secretário de relações de trabalho no serviço público, Sérgio Mendonça, e enviado aos setores de recursos humanos de todas as Instituições do serviço público federal, não só orienta à “adoção das providências na folha de pagamento para efetuar o corte de ponto referente aos dias parados”, mas também, alerta para a adoção de “providências cabíveis, caso seja constatado excesso nas manifestações”.

O Comando Nacional de Greve (CNG) do ANDES-SN repudia, veementemente, a tentativa de o governo federal criminalizar os movimentos sociais, as atividades sindicais e as greves por meio da Mensagem 552047.

Em nota, o CNG aponta que “esse comunicado é, claramente, uma ameaça inaceitável ao nosso direito constitucional de greve e uma tentativa de espalhar o medo entre a categoria. Nossa greve é forte e não recuaremos diante das pressões do Governo. A melhor forma de resistência é manter a união e a mobilização na luta por uma universidade pública, gratuita, de qualidade e socialmente referenciada”.

A avaliação é de que trata-se de uma iniciativa eminentemente política e deve ser respondida politicamente pela força da greve. Mesmo assim, na sexta (6), a Assessoria Jurídica do Sindicato Nacional foi consultada e recomendou que, neste momento, os Comandos Locais de Greve façam o acompanhamento da situação junto às administrações superiores e, caso seja adotada alguma medida concreta, a mesma seja prontamente informada ao CNG.

Fonte: CNG - Andes